Prêmio Ferreira Gullar, voltado a tecnologia e poesia, recebe inscrições até 30 de junho

EDUCAÇÃO NO AR - Seguem abertas até 30 de junho as inscrições para o Prêmio Literário Ferreira Gullar, que propõe a alunos do ensino funda...

EDUCAÇÃO NO AR - Seguem abertas até 30 de junho as inscrições para o Prêmio Literário Ferreira Gullar, que propõe a alunos do ensino fundamental e médio o desafio de transformar trechos da obra e vida do poeta maranhense em jogos eletrônicos ou aplicativos. Serão distribuídos R$ 30 mil em premiação entre os três melhores projetos.

“Normalmente em prêmios literários tem que ser produzido um texto. Nós pensamos em vincular a vida e a obra do Ferreira Gullar em outro formato. Como o prêmio tem a intenção de fomentar o conhecimento do autor entre os jovens, cremos que isso vai atrair mais os alunos”, disse Cristian Brayner, diretor do Departamento de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) do Ministério da Cultura, que coordena o Prêmio. Brayner foi o entrevistado desta semana no programa Educação no Ar, produzido pela TV MEC e transmitido semanalmente pela TV NBR.

Contrário ao antagonismo entre tecnologia e hábito de leitura, o diretor afirma que o Prêmio Literário Ferreira Gullar é um caminho para provar aos jovens que a literatura pode ser algo prazeroso e um aliado da aprendizagem. Ele comenta, ainda, que o resultado final vai contribuir com isso na medida em que poderá ser usado nas escolas, tanto pelos professores, quanto pelos estudantes. Ainda de acordo com Brayner, a trajetória de Gullar é algo com o qual muitos jovens devem se ver identificados ao longo das pesquisas para participar do prêmio.

“Ferreira Gullar foi um personagem muito importante na trajetória histórica do Brasil. Ele morreu criando polêmicas no âmbito da política e da literatura. Foi crítico, tradutor, poeta e é importante que o estudante brasileiro conheça a vida dele e que, se existe uma relação estreita em política e literatura, o Ferreira é uma prova disso”, acrescentou Brayner.

A proposta do Prêmio Ferreira Gullar é fomentar o conhecimento do autor entre os jovens, o que, para Cristian Brayner, atrai mais a atenção dos alunos (Frame: TV MEC)Gullar foi líder do movimento literário conhecido como Neoconcretismo, surgido no Rio de Janeiro na década de 1950, e seu livro mais importante foi Poema Sujo, escrito no exílio como um testamento político. Em 2016 foi agraciado com a Ordem do Mérito Cultural (OMC) no grau máximo Grão Cruz e principal condecoração pública da área da cultura no Brasil.

Inscrições – podem participar do Prêmio Literário Ferreira Gullar estudantes dos ensinos fundamental e médio de todo o Brasil, sejam vinculados a escolas públicas ou privadas. As inscrições devem ser feitas pela internet.

A iniciativa faz parte do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) que tem como diretrizes a democratização do acesso à cultura e o fomento à leitura. Dentro desta proposta, o edital surge com o objetivo de estimular a leitura e, ao mesmo tempo, homenagear o escritor Ferreira Gullar (pseudônimo de José de Ribamar Ferreira), falecido em dezembro de 2016. O melhor projeto será premiado com R$ 10 mil, o segundo colocado receberá R$ 7.142,86 e o terceiro lugar terá direito a R$ 4.285,72.

Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (61) 2024.2629 ou por mensagem eletrônica.

Acesse o edital e faça sua inscrição

Assessoria de Comunicação Social


LEIA TAMBÉM

EDUCAÇÃO 857510261718727273

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item