Deputada Camila aciona a Justiça contra aumento na taxa de água na Paraíba

DEFESA DO CONSUMIDORA deputada estadual Camila Toscano (PSDB) disse nesta quinta-feira (5) que irá à Justiça contra o aumento de 12,38% na taxa de água e esgoto, além de 7,87% na tabela de serviços e multas praticados, que passam a valer a partir de 3 de fevereiro. O último aumento foi de 21,6%, realizado no ano passado. Para a deputada, não se justifica um aumento quando a maioria dos municípios paraibanos está sem água.

“Isso só pode ser uma brincadeira de mau gosto do Governo do Estado. Não se justifica termos um aumento na taxa de água quando a maioria dos municípios está com seus reservatórios secos e os que têm água, ela está imprópria para consumo. Vamos procurar a Justiça para tentar impedir que o Governo sufoque ainda mais os paraibanos”, afirmou Camila.

Camila também criticou os motivos revelados pela Cagepa para aumentar a taxa de água e esgoto. A empresa disse que o motivo do reajuste é a manutenção do equilíbrio econômico e financeiro (receita versus despesa) da prestação de serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário no estado da Paraíba, assim como ocorre com todas as companhias de abastecimento do País.

“Não dá para pensarmos em reajustes quando os paraibanos enfrentam uma das maiores crises que esse País já viu. O Governo não pode empurrar para o consumidor a falta de controle dos gastos do Estado. O povo não pode ser penalizado dessa forma. Vale destacar que os servidores estão sem reajuste, vivemos uma crise sem precedentes e porque teremos aumento na prestação de um serviço que é feito sem qualidade alguma?”, questionou a deputada. (Assessoria)
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário