Comerciante é morto após ser baleado durante briga com esposa em Araçagi

Casal vivia maritalmente há cinco anos. (Foto: Reprodução / WhatsApp).  Um comerciante, de 38 anos, morreu após ter sido baleado n...

Casal vivia maritalmente há cinco anos.
(Foto: Reprodução / WhatsApp). 
Um comerciante, de 38 anos, morreu após ter sido baleado no abdômen depois de uma discussão com a esposa em sua residência na madrugada desta quarta-feira (14) em Araçagi, na microrregião de Guarabira. De acordo com o delegado Ricardo Sena, responsável pelo caso, a companheira da vítima, de prenome Vanessa, foi até a delegacia e em depoimento informou que o disparo teria sido acidental durante uma luta corporal.

A Polícia Militar foi acionada por moradores, por volta de meia-noite, que informaram ter ouvido um disparo dentro da residência do comerciante. Uma viatura foi ao local informado onde os policiais encontraram Fábio Leandro caído dentro do quarto e com um revólver ao lado dele.

Segundo relato da esposa na delegacia, a discussão começou em um bar e acabou na residência onde moravam, na praça Monsenhor Emiliano de Cristo, no Centro da cidade. As discussões resultaram na luta corporal e no tiro que acabou matando o comerciante. “Na versão dada por ela, a vítima pegou a arma após as discussões e ela decidiu reagir, entrando em luta corporal. Nessa luta, o revólver calibre 38 disparou e atingiu a vítima”, explicou o delegado.
Local do incidente: o quarto do casal (Foto: Reprodução / WhatsApp). 
Sena afirma que foram feitos exames pela equipe de perícia do Instituto de Polícia Científica (IPC) e os resultados e laudos devem ajudar a polícia na resolução do caso. Conforme ele, é necessário saber o ângulo do disparo e o trajeto provável do projétil para poder afirmar se versão dada pela companheira do comerciante é plausível. “Ainda vamos ouvir testemunhas que estavam no bar”, concluiu.

Após ser baleado, a vítima chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do Hospital Regional de Guarabira. O corpo do comerciante foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Guarabira. A arma, que pertenceria ao comerciante, foi recolhida pela polícia para que seja submetida a exames. (Com ManchetePb)

LEIA TAMBÉM

POLICIAL 8822537298227243258

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item