APELAÇÃO: Lula entra com petição na ONU contra juiz Sérgio Moro

Lula vs Moro (Foto: Reprodução / NM). 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apelou às Nações Unidas, por meio de petição, para barrar supostas violações de direitos humanos e abuso de poder nas investigações da Operação Lava Jato.

Segundo informações do jornal britânico Telegraph, Lula recorreu ao advogado especializado em direitos humanos Geoffrey Robertson, que já representou personalidades como o fundador do Wikileaks Julian Assange e o ex-lutador Like Tyson, para elaborar o documento. O jornal afirma que o ex-presidente corre risco de ser preso durante os Jogos Olímpicos no Rio, o que ofuscaria o evento.

Robertson apresentou a petição na manhã desta quinta-feira (28) em Genebra, alegando que o juiz federal Sergio Moro violou o Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos e abusa de poder durante as investigações da Lava Jato.

"Lula decidiu levar o caso para as Nações Unidas porque ele não consegue ter justiça sob o sistema judicial inquisitório do Brasil", disse o advogado. "O juiz invadiu sua privacidade e pode prendê-lo a qualquer momento , em seguida, pode ser julgado sem um júri", explica.

O advogado também destacou os vazamentos de grampos do ex-presidente e de sua família para meios de comunicação "hostis". Ele também condenou o processo de condução coercitiva que Lula passou em março deste ano. Robertson afirma que o caso deve expor o problema da prisão preventiva e das condenações baseadas em confissões de suspeitos que desejam apenas sair da prisão. (Com Notícia ao Minuto)

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário